RECOMENDAÇÕES E MEDIDAS PREVENTIVAS CONTRA A INFECÇÃO PELO COVID-19 PARA OS ASSOCIADOS DA ABRO

Dia Internacional da Mulher: Conheça mulheres pioneiras na Odontologia.
7 de março de 2020
COVID-19 – Mensagem da Diretoria
18 de março de 2020
  • Quando o paciente entrar em contato com a sua central de atendimento, pergunte ao paciente como está sua saúde atualmente e caso apresente sintomas de gripe, febre, tosse ou dor de garganta, sugira a realização dos exames de imagem no futuro (no mínimo após 14 dias);
  •       Informe ao paciente sobre as medidas preventivas adotadas pela clínica, para que o mesmo se sinta seguro para fazer os exames. Medidas:
    • Utilização de equipamentos de proteção individual (máscaras, óculos e luvas);
    • Lavagem correta das mãos e limpeza/desinfecção correta nas unidades.
  • Na unidade, deverá haver álcool em gel 70% para aplicar nas mãos dos pacientes que solicitem;
  • Aumentar a frequência de limpeza/desinfecção da unidade, como maçanetas, cadeiras, botões e outras áreas prováveis de contato, podendo ser usado o álcool 70%;
  • Pacientes com sintomas como tosse, febre ou dor na garganta, caso precisem fazer algum exame, terão prioridade e serão atendidos como urgência e ainda receberão uma máscara descartável;
  • Na unidade, colocar cartazes em diversos ambientes com informativo de comportamento sobre o COVID-19;
  • Todos os funcionários devem evitar cumprimentar qualquer pessoa com um aperto de mão, abraço ou beijo;
  • Recepcionistas usarão luvas para evitar o contato direto com papeis e documentos de pacientes, além de que o seu uso fica como um alerta para não tocar os olhos, boca e nariz. Ao retirá-las não se esqueça de higienizar as mãos por pelo menos 20 segundos, conforme cartaz, ou produtos específicos baseados em álcool com concentração 70%;
  • Os técnicos devem higienizar as mãos antes e depois do contato com os pacientes;
  • Todos os técnicos devem higienizar as mãos antes e depois de usar os equipamentos de proteção individual (óculos, máscaras e luvas) por pelo menos 20 segundos, conforme cartaz e vídeo de treinamento, ou produtos específicos baseados em álcool 70%, principalmente quando houver contato com a saliva do paciente;
  • Todos os colaboradores devem evitar tocar os olhos, boca e nariz antes de higienizar as mãos;
  • Funcionários com mais de 60 anos não deverão comparecer ao trabalho, salvo em situações emergenciais que a empresa convoque e sem colocar em risco sua integridade sanitária;
  • Organizar a liberação para a vacinação dos colaboradores antecipada pelo governo federal;
  • Fora da unidade, evite aglomerações e siga as orientações quanto a prevenção e higienização pessoal informadas pelas entidades de saúde e órgão oficial, como o CFO, ABRO e Ministério da Saúde;
  • Fora da unidade, evite contato com pessoas da família que sejam idosas, que são as mais vulneráveis ao COVID-19.

Como profissionais da saúde, vamos, TODOS JUNTOS, enfrentar esse momento delicado. Devemos colaborar para que a curva de infectados (chamada de curva epidemiológica) seja a menor possível e voltemos, o mais rápido possível, a vida normal.

Cordialmente,
ABRO – Associação Brasileira de Radiologia Odontológica e Diagnóstico por Imagem

 

Baixar Cartaz – ABRO – Cuidados e Prevenção COVID-19

 

Os comentários estão encerrados.